Triste é viver só de solidão
Pena de quem nunca esteve aqui
Pra ver fazer dormir a noite

Triste é viver só de solidão
Pena de quem nunca esteve aqui
Pra ver fazer dormir a noite

Passará depois em cada despedida
Nos romances os mistérios dessa clareira
Que há de luz iluminar

É, vai ver é só saudar o sol

Passará depois em cada despedida
Nos romances os mistérios dessa clareira
Que há de luz iluminar

Eu vim, eu vi
Foi bom demais

Passará depois em cada despedida
Nos romances e mistérios dessa clareira
Que há de luz iluminar..